Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp

Projeto especial: vamos trocar cartas?

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore magna aliqua. Ut enim ad minim veniam, quis nostrud exercitation ullamco laboris nisi ut aliquip ex ea commodo consequat.

 

Vamos trocar cartas?

Quem não viveu, não sabe o que é a emoção de pegar uma carta enviada especialmente para você. Não é um pacote enviado friamente por uma livraria, nem o boleto (eca!) prestes a vencer… Alguém sentou e escreveu algo para que você saiba. Exige empenho e um bocado de intenção.

Vamos trocar cartas?

Todo o assunto é válido, mas não pode enviar material literário. Pode, porém, falar de livros, mercado literário, carreira… Mas eu quero mesmo é saber aquilo que não está na rede social. Serei tão transparente e honesta quanto estou pedindo para que sejam.

Me conta de você?

No total, serão dez cartas. Cinco minhas e cinco de vocês, no período máximo de três meses.

Você só terá um desafio: manter tudo bem interessante, sem faltar com a verdade. Se você falhar, eu não te responderei. Bem, você é um escritor, se tu não puderes manter o interesse, então tens um problema sério.

Obs: eu nem faço ideia de quantas pessoas estariam de fato interessadas nisso. Talvez eu seja a última romântica (hahahahaha), mas o primeiro projeto especial vai exigir um risco. E eu estou disposta.

Escreva-me ([email protected]) e coloque no assunto: “Vamos trocar cartas?” (Apenas isso). Vou responder com meu endereço e nada mais. Limitarei inicialmente a três escritores(as) e criarei uma lista de espera (tô sendo bem otimista, eu sou assim).